Quinta-feira, 11 de Maio de 2006

Será que estamos destinados a sofrer?

Esta pergunta tem povoado os meus pensamentos nesta última noite, e depois, de muito pensar, cheguei a algumas conclusões.

Existem vários tipos de sofrimento...aquele que mais nos dói é quando perdemos para sempre alguém que amávamos muito e que víamos como uma referência e um porto de abrigo nos momentos difíceis.

Depois existe o sofrimento provocado por um amigo...aquele amigo do qual nunca esperávamos uma atitude daquelas, mas mesmo em sofrimento devemos ter a clarividência de analisar bem a situação e perdoar.

Os sofrimentos amorosos são aqueles que nos marcam talvez de forma mais profunda...e dói quando somos trocados por outros ou pior ainda quando aquele ou aquela que amamos de um momento para o outro deixa de nos dar a importância que até então tínhamos.

Mas porque será que algumas pessoas sofrem menos que outras?

Esta é uma pergunta difícil e para a qual gostaria de ter resposta. Os católicos acreditam que Deus não nos mais sofrimento do que aquele que podemos suportar. A sabedoria popular afirma que o sofrimento serve apenas para nos tornar mais fortes. Mas estarão estas e outras teorias correctas?

Talvez o nosso sofrimento esteja apenas relacionado com a intensidade com que o vivemos, ou seja, quanto mais nos lamentarmos o que estamos a passar mais longo e profundo se torna esse mesmo sofrimento.

Por isso, talvez a melhor forma de tornar o sofrimento mais suportável é encara-lo como um percalço na nossa vida e apenas isso...nunca devemos tornar esse sofrimento a nossa vida, porque vivemos em busca da felicidade não do sofrimento.

 

sinto-me: confusa
música: Nunca me esqueci de ti
publicado por Sónia de Oliveira às 12:07
link do post | comenta | favorito
|
1 comentário:
De Rita Sampaio a 11 de Maio de 2006 às 12:50
De há dois dias para cá que andas a escrever coisas triste no teu blog...e eu conheço-te o suficiente pra achar que se passa algo de diferente contigo...tu normalmente não falas de coisas tristes...e só o fazes quando andas em baixo ou confusa...sabes que podes contar comigo para te ajudar a resolver esses problemas...apesar de já saber que sozinha resolves as tuas inquietações...mas se precisares já sabes que podes contar comigo.

deixa o teu comentário

.quem sou?

.pesquisa neste blog...

 

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.o que escrevi recentemente...

. Para o sr. Anónimo

. Voltei a escrever

. É pecado?

. O que é o tempo?

. Poesia e filosofia

. Tu me ensinaste

. Sonho que sonhei

. O que é o amor?

. Amo-te

. Espero por ti...

.o baú das recordações...

. Maio 2009

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.tags

. todas as tags

.o que mais gostei de escrever...

. Deito fora as imagens...

. Dor...

. Palavras

. O amor que procuro

. Sem meus sonhos

. Amar

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds