Terça-feira, 19 de Dezembro de 2006

O teu espírito...

Hoje sinto-te ausente

Invulgarmente ausente

E não quero,

Não posso

Habituar-me ao vazio de ti...

Em mim.

Minha alma é a parede

Onde embuti o teu espírito.

E...

Mesmo quando estás longe...

E...

Mesmo quando não estás,

o teu espírito habita-me.

sinto-me: Triste
música: Quando eu te falei em amor
publicado por Sónia de Oliveira às 10:27
link do post | comenta | favorito
|

.quem sou?

.pesquisa neste blog...

 

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.o que escrevi recentemente...

. Para o sr. Anónimo

. Voltei a escrever

. É pecado?

. O que é o tempo?

. Poesia e filosofia

. Tu me ensinaste

. Sonho que sonhei

. O que é o amor?

. Amo-te

. Espero por ti...

.o baú das recordações...

. Maio 2009

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.tags

. todas as tags

.o que mais gostei de escrever...

. Deito fora as imagens...

. Dor...

. Palavras

. O amor que procuro

. Sem meus sonhos

. Amar

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds